Pet como terapia para pessoas com depressão

Pet como terapia para pessoas com depressão

Pet como terapia para pessoas com depressão, por certo, a depressão é uma doença mental comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo.

Em suma é caracterizada por:

  • Um humor deprimido
  • Perda de interesse e prazer em atividades cotidianas
  • Fadiga
  • Dificuldade de concentração
  • Pensamentos negativos
  • Outros mais

Contudo, a terapia assistida por animais, em particular, a terapia assistida por cães, é uma abordagem promissora e complementar para tratar a depressão.

Portanto, neste artigo, exploraremos como os animais de estimação podem ajudar no tratamento da depressão em humanos.

Leia também: Você tem um Yorshire de Estimação? Esse Artigo é Pra Você – Leia com Atenção

Benefícios da Terapia Assistida por Animais

  • Redução do estresse: A terapia assistida por animais é conhecida por diminuir a produção de cortisol, o hormônio do estresse. A interação com animais de estimação pode ajudar a diminuir a pressão arterial, diminuir a frequência cardíaca e aliviar a tensão muscular, reduzindo assim a sensação de estresse.
  • Melhoria do humor: A terapia assistida por animais é conhecida por aumentar a produção de serotonina, o neurotransmissor responsável pela regulação do humor. A interação com animais de estimação pode ajudar a melhorar o humor e a reduzir os sintomas de depressão.
  • Aumento da sociabilidade: A terapia assistida por animais pode ajudar as pessoas a se sentirem mais confortáveis ​​e abertas a se comunicarem com os outros. Isso pode ajudar a melhorar a sociabilidade e a autoestima, reduzindo assim os sintomas de depressão.
  • Aumento do senso de propósito: A terapia assistida por animais pode ajudar as pessoas a se sentirem mais necessárias e úteis. Isso pode ajudar a aumentar o senso de propósito e significado, reduzindo assim os sintomas de depressão.

Como os animais de estimação ajudam no tratamento da depressão

  • Companhia: Animais de estimação são companheiros confiáveis, amorosos e constantes. Eles podem ajudar as pessoas a se sentirem menos sozinhas e isoladas. A interação com animais de estimação pode ajudar a reduzir a sensação de solidão, que é um dos principais sintomas da depressão.
  • Aumento da atividade física: Os animais de estimação precisam de exercícios regulares, o que pode ajudar as pessoas com depressão a se envolverem em atividades físicas, melhorando assim o humor e reduzindo a fadiga. Passear com o cão, brincar com o gato ou jogar bola com um hamster são ótimas maneiras de se manter ativo fisicamente.
  • Responsabilidade: Cuidar de um animal de estimação pode ajudar as pessoas a desenvolver um senso de responsabilidade e propósito. Alimentar, cuidar e brincar com o animal de estimação podem ajudar as pessoas a se sentir mais necessárias e importantes, o que pode ajudar a reduzir os sintomas de depressão.
  • Conexão emocional: Os animais de estimação são conhecidos por sua capacidade de criar conexões emocionais com seus donos. A interação com animais de estimação pode ajudar as pessoas com depressão a se sentir amadas e apoiadas, reduzindo a sensação de isolamento e desamparo.
  • Estímulo à interação social: Os animais de estimação podem atuar como um facilitador para a interação social. Passear com o cachorro ou levar o gato para uma visita ao veterinário pode ajudar as pessoas com depressão a interagir com outras pessoas, o que pode ajudar a melhorar o humor e reduzir os sintomas de depressão.
  • Redução da ansiedade: A terapia assistida por animais pode ajudar a reduzir a ansiedade em pessoas com depressão. A simples presença de um animal de estimação pode ajudar a acalmar a mente e reduzir a ansiedade, permitindo que as pessoas se concentrem em outras coisas e reduzam os sintomas de depressão.

Como obter um animal de estimação para terapia?

Em suma, para obter um animal de estimação para terapia, é importante considerar algumas coisas, como:

  • Tipo de animal: Embora os cães sejam o animal de estimação mais comum para terapia assistida por animais, outros animais, como gatos, pássaros e hamsters, também podem ser usados. É importante escolher um animal de estimação que se adapte às necessidades e preferências do indivíduo.
  • Treinamento: É importante escolher um animal de estimação que tenha recebido treinamento adequado para a terapia assistida por animais. Isso inclui treinamento em obediência, sociabilidade e comportamento em ambientes públicos.
  • Custos: Os animais de estimação podem ser caros de manter, incluindo alimentação, cuidados veterinários e suprimentos. É importante considerar os custos envolvidos antes de adquirir um animal de estimação para terapia.
  • Alojamento: É importante garantir que o animal de estimação tenha um ambiente seguro e saudável para viver e se desenvolver.

Conclusão

Em conclusão, a terapia assistida por animais, especialmente a terapia assistida por cães, é uma abordagem complementar e promissora para o tratamento da depressão em humanos.

Portanto, a interação com animais de estimação pode ajudar a reduzir o estresse, melhorar o humor, aumentar a sociabilidade e o senso de propósito e fornecer companhia constante.

Sendo assim, é importante considerar as necessidades e preferências individuais ao escolher um animal de estimação para terapia e garantir que o animal de estimação seja treinado e cuidado adequadamente.